Rainha da Paz

Participantes de audiência pública destacam importância da família na propagação da cultura de paz

09/11/18

Deputado Diego Garcia (Pode-PR) defende que proteção às famílias deve fazer parte das políticas públicas como forma de garantir que novas gerações sejam cada vez mais pacíficas

A comissão especial destinada a elaborar propostas legislativas para promover a cultura da paz realizou audiência pública para discutir o papel das famílias na propagação da cultura da paz.

A psicopedagoga Anala Laura Martins, destacou o papel da escola no apoio a crianças que vivem em famílias desestruturadas pelo álcool ou drogas.

“Então a gente vai vendo que, quando a família, ela é amparada, e ela tem condições de se reerguer com esse amparo que se dá, nós vamos vendo que essa família sai da situação de violência, sai dessa situação de marginalidade em que muitas vezes elas vivem.”

Para o representante do Conselho Tutelar, Marcos Maurício, é preciso que as famílias possam viver sem violência porque ela afeta diretamente as crianças menores.

“Uma criança que cresce num ambiente agressivo tende a buscar seus objetivos também de forma agressiva, pela violência. Porque aprendeu a responder por meio da agressividade.”

O deputado Diego Garcia, do Podemos do Paraná, que propôs a realização da audiência, defendeu que a proteção às famílias deve fazer parte das políticas públicas como forma de garantir que as novas gerações sejam cada vez mais pacíficas.

“Poderemos fazer também indicações ao poder executivo, ao poder judiciário para que novas medidas sejam adotadas e a família seja cada vez mais valorizada no nosso país.”

Para o representante da Family Talks, Rodolfo Barreto, as famílias desempenham um papel fundamental no combate à violência e na construção da cultura de paz e por isso merecem e precisam de todo o apoio dos poderes públicos e da sociedade.

Reportagem – Karla Alessandra
Fonte: http://www2.camara.leg.br/camaranoticias/radio/materias/RADIOAGENCIA/555545-PARTICIPANTES-DE-AUDIENCIA-PUBLICA-DESTACAM-IMPORTANCIA-DA-FAMILIA-NA-PROPAGACAO-DA-CULTURA-DE-PAZ.html